Unidades Curriculares

Conheça as Unidades Curriculares do curso de Farmácia


Disciplinas do Curso

Conheça as disciplinas do curso de Farmácia

1 ª fase

Planos e eixos de movimento. Fundamentos da anatomia e fisiologia humana dos  sistemas: circulatório e respiratório, musculoesquelético e articular, nervoso central,  periférico e autônomo, tegumentar, digestório, endócrino, urinário e genital masculino  e feminino. Homeostasia. Interação entre os sistemas. 

Métodos de estudo das células e tecidos. Citologia: estudo da célula eucariótica e procariótica e suas organelas. Estudo do núcleo interfásico e divisional. Histologia: noções de técnicas histológicas e microscopia. Classificação dos diferentes tecidos. Estudos dos tecidos epitelial (revestimento e glandular), conjuntivo (propriamente dito, adiposo, cartilaginoso, ósseo e sanguíneo), muscular e nervoso. Células sanguíneas e hematopoiese. Histofisiologia dos sistemas. Embriologia: gametogênese e fertilização. Desenvolvimento embriológico do ser humano desde a concepção até o nascimento. Introdução às malformações e teratogênese.

A língua portuguesa e a comunicação oral e escrita. Adequação da linguagem aos  diferentes níveis de linguagem. Aspectos linguístico-gramaticais aplicados aos textos  orais e escritos. Linguagem oral: princípios da oratória, técnicas de apresentação  pública, apresentações acadêmicas. Universidade: natureza do conhecimento,  ensino, pesquisa e extensão. Ciência e método. Ética aplicada a pesquisa. Produção,  normatização (ABNT) e estruturação dos gêneros textuais da esfera acadêmica. 

Estrutura atômica. Estrutura eletrônica. Tabela periódica. Ligações químicas.  Interações intermoleculares. Funções inorgânicas. Reações químicas.  Estequiometria. Teoria ácido-base. Misturas homogêneas e heterogêneas.  Equipamentos de laboratório. Biossegurança. Práticas laboratoriais aplicadas. 

A Unidavi. Estrutura curricular do curso de Farmácia da Unidavi. História da profissão farmacêutica. Áreas de atuação profissional. Conhecimentos, habilidades, atitudes e  competências do profissional farmacêutico. Contato discente com profissionais  farmacêuticos de diferentes áreas de atuação. Conceitos básicos nas áreas de saúde  e de farmácia. Fontes de informação nas áreas de saúde e de farmácia. Entidades relacionadas à profissão farmacêutica. Função social do farmacêutico. Conceitos  introdutórios aplicados à prática farmacêutica.

Teorias da comunicação e da linguagem. Aspectos do processo de comunicação.  Formas de comunicação em saúde. Habilidades essenciais na comunicação clínica.  Como reunir informações. Como compartilhar informações. Atuação ética do  profissional na comunicação e educação em saúde. 

2 ª fase

Biologia Molecular: organização gênica, morfologia, arquitetura e mapeamento dos cromossomos em procariontes e eucariontes. Replicação do DNA. Transcrição do RNA. Mutação e reparo do DNA. Tradução e código genético. Regulação da expressão gênica em procariontes e eucariontes. Noções de tecnologias do DNA e citogenética. Genética: genética mendeliana e não-mendeliana. Cromossomopatias. Erros inatos do metabolismo. Genética das doenças multifatoriais. Genética do sistema ABO e Rh. Princípios de genética quantitativa. Aconselhamento genético. Princípios de farmacogenética e farmacogenômica.

Química e importância biológica de aminoácidos, proteínas, enzimas, vitaminas, coenzimas, lipídeos e carboidratos. Bioenergética e processos metabólicos. Metabolismo de carboidratos, lipídeos, aminoácidos e proteínas. Regulação e integração metabólica.

Contexto histórico, sócio-político e filosófico do surgimento da Nova Ciência. Indivíduo e Sociedade. As principais correntes das teorias clássicas sociológicas e contemporâneas e seus precursores. Cultura, identidade e diversidade cultural. Direitos Humanos. Relações étnico-raciais e de gênero. Etnia e História da Cultura Afro-Brasileira e Indígena. Sociedade, inclusão e responsabilidade social. 

Fundamentos em análise qualitativa e quantitativa. Equilíbrio ácido-base. Solubilidade e produtos de solubilidade. Equilíbrios envolvendo íons complexos. Equilíbrio de oxiredução. Análise volumétrica envolvendo titulações ácido-base, de precipitação, de oxi-redução e complexação. Análise gravimétrica. Análise qualitativa de grupos químicos dos compostos inorgânicos. Análise funcional e sistemática de cátions e ânions. Ensaios químicos via úmida e via seca. Princípios de espectrofotometria UVVIS, infravermelho e por absorção atômica. Cromatografia: planar, gasosa e líquida.

Grupos funcionais orgânicos de interesse farmacêutico: propriedades, ocorrência e nomenclatura. Interações intermoleculares, ressonância, análise conformacional, estereoquímica, acidez e basicidade de compostos orgânicos. Reações de substituição nucleofílica, eletrofílica, adição e eliminação. Síntese de fármacos e métodos experimentais aplicados a química orgânica.

Processo de saúde-doença. Necessidades individuais e coletivas de saúde da população: fatores condicionantes e determinantes. Políticas de saúde no Brasil: história e relação com a formação do Sistema Único de Saúde. Sistema Único de Saúde: legislação, organização, funcionamento, financiamento e estratégias. Modelos de atenção à saúde no contexto nacional e internacional. Níveis de atenção em saúde. Educação em saúde.

3 ª fase

Microbiologia: Morfologia, citologia, fisiologia e genética de micro-organismos. Fundamentos do crescimento microbiano. Estudo do controle de micro-organismos. Microbiota humana. Conhecimento de micro-organismos e suas aplicações (ambiental, alimentos, industrial, clínica e biotecnológica). O laboratório de Microbiologia. Imunologia: Conceitos básicos de imunologia. Órgãos, células e tecidos envolvidos na resposta imune. Resposta imune inata. Resposta imune adaptativa: imunidade celular e humoral. Antígeno. Anticorpo. Complexo de histocompatibilidade. Sistema complemento. Imunodeficiências. Reações de hipersensibilidade. Tolerância imunológica. Doenças autoimunes. Imunizações e Imunobiológicos.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao estudante o exercício teórico/prático das atividades relacionadas ao funcionamento e organização das unidades de atenção primária a saúde do SUS, as atividades práticas em farmácia pública no SUS, os fundamentos dos serviços farmacêuticos pertencentes ao sistema público, a atuação do profissional farmacêutico na equipe multidisciplinar. 

Conceito e importância da bromatologia. Estudo químico e nutricional dos constituintes fundamentais dos alimentos. Composição centesimal dos alimentos. Legislação e fiscalização de alimentos. Rotulagem de alimentos. Análise sensorial.

Biossegurança: Introdução à biossegurança. Medidas de prevenção de acidentes. Biossegurança em laboratórios. Aspectos regulamentares sobre biossegurança. Biossegurança em ambientes de responsabilidade técnica dos profissionais de saúde. Suporte Básico de Vida: Ética profissional e políticas no atendimento a urgência e emergência. Suporte básico de vida em urgência e emergência (pré-hospitalar).

Conceitos e princípios básicos da terapia farmacológica. Pesquisa e desenvolvimento de fármacos. Formas farmacêuticas. Vias de administração de fármacos e farmacocinética. Interações fármaco-receptor e farmacodinâmica. Interações medicamentosas. Interações fármaco-nutrientes. Farmacologia clínica e atenção farmacêutica relacionada ao sistema nervoso autônomo (agonistas e antagonistas colinérgicos, agonistas e antagonistas adrenérgicos).

pH, tampões e importância bioquímica do pH. Propriedades do estado sólido. Cristalinidade e polimorfismo. Propriedades de fármacos em solução. Estabilidade de fármacos: cinéticas de reação. Físico-química de superfícies. Polímeros. Difusão de fármacos e leis de Fick. Propriedades de coloides, emulsões e suspensões. Propriedades reológicas. 

Taxonomia e terminologia em parasitologia. Relação parasito-hospedeiro. Aspectos morfológicos, biologia, patogenia, diagnóstico clínico-laboratorial, epidemiologia e profilaxia dos protozoários e helmintos (nematódeos, cestódeos e trematódeos) de interesse em saúde. Estudo dos artrópodes parasitas do homem e vetores de doenças.

Introdução à tecnologia de alimentos. Matérias-primas alimentícias: origem, valor nutricional, higiene e qualidade. Ciência e tecnologia de produtos de origem animal: leite e derivados lácteos, carnes e derivados cárneos, pescados, ovos e mel. Ciência e tecnologia de produtos de origem vegetal: frutas, hortaliças, grãos, óleos vegetais e cereais. Métodos de conservação, alterações decorrentes do processamento de matérias-primas animais e vegetais. Embalagem de alimentos. Estudo dos processos fermentativos e enzimáticos de interesse industrial. Transformações bioquímicas.

4 ª fase

Estrutura, funcionamento e dinâmica dos ecossistemas. Conceitos ambientais. Desenvolvimento sustentável. Globalização e meio ambiente. Educação ambiental: interdisciplinaridade e transversalidade. Aspectos e impactos das atividades humanas no meio ambiente. Controle de poluição do solo, ar e água. Gerenciamento de resíduos e conservação de recursos naturais. Políticas públicas e legislação ambiental. Objetivos do desenvolvimento sustentável - ODS.

Conceitos de saúde e doença. Função e crescimento celular. Doenças genéticas. Neoplasias. Doenças infecciosas. Fisiopatologia dos processos inflamatórios, dolorosos e alérgicos. Fisiopatologia dos sistemas: nervoso, imune, musculoesquelético e tegumentar.

Funcionamento e fluxo de trabalho em laboratório de análises clínicas. Setores laboratoriais: Bioquímica, Endocrinologia, Citopatologia, Hematologia, Imunologia, Microbiologia, Parasitologia e Uroanálise. Técnicas e rotina para coleta, conservação e transporte de amostras biológicas. Técnicas analíticas e instrumentação empregadas no diagnóstico laboratorial. Boas práticas laboratoriais. Confecção de laudos. Introdução à gestão e controle de qualidade em análises clínicas.

Introdução à farmacotécnica. Estudo e desenvolvimento de formas farmacêuticas sólidas, líquidas e semissólidas. Excipientes e suas funções farmacotécnicas. Cálculos em farmacotécnica. Boas práticas de manipulação, operações farmacêuticas e controle de qualidade. Incompatibilidades farmacotécnicas. Embalagem, acondicionamento e estabilidade. Análise crítica de prescrições e produção de formulações magistrais. Fundamentos de biofarmacotécnica. Farmacopeia brasileira e formulário nacional. Legislação aplicada ao setor magistral.

Farmacoterapia e atenção farmacêutica nas doenças: genéticas, neoplásicas e infecciosas (antibacterianos, antifúngicos, antiprotozoários, anti-helmínticos e antiviróticos). Fármacos anti-inflamatórios, antipiréticos, analgésicos, antialérgicos e atenção farmacêutica. Farmacologia clínica e atenção farmacêutica relacionada aos sistemas: nervoso (doenças degenerativas, ansiolíticos e hipnóticos, antidepressivos, antipsicóticos, antiepilépticos, anestésicos, opioides, drogas de abuso e estimulantes do sistema nervoso central), imune, musculoesquelético e tegumentar.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao estudante o exercício teórico/prático das atividades relacionadas à pesquisa, desenvolvimento, produção, controle de qualidade e regulação de alimentos.

Higiene: definição e principais divisões. Boas práticas de manipulação e fabricação de alimentos. Controle higiênico, sanitário e tecnológico de alimentos. Padrões microbiológicos de alimentos. Sistemas de controle de qualidade de alimentos. Sistema APPCC (ISO 22000). Legislação e responsabilidade dos serviços de vigilância sanitária de alimentos.

5 ª fase

Fisiopatologia dos sistemas: hematopoiético, cardiovascular, renal, respiratório, gastrintestinal, endócrino, reprodutivo e geniturinário.

Introdução à química farmacêutica e medicinal. Desenvolvimento, modelagem molecular, síntese e purificação de fármacos e seus fundamentos químicos. Relação estrutura-atividade biológica e relação estrutura-propriedades físico-químicas de fármacos: antineoplásicos, anti-infecciosos, anti-inflamatórios e analgésicos não esteroidais e anti-inflamatórios esteroidais, antialérgicos. Fármacos com ação sobre os sistemas: nervoso, imune, musculoesquelético, tegumentar, hematopoiético, cardiovascular, renal, respiratório, gastrintestinal, endócrino, reprodutivo e geniturinário.

Farmacologia clínica e atenção farmacêutica relacionada aos sistemas: hematopoiético, cardiovascular e renal (anti-hipertensivos, diuréticos, insuficiência cardíaca, antiarrítmicos, antianginosos, anticoagulantes e antiplaquetários, antihiperlipêmicos), respiratório, gastrintestinal, endócrino e reprodutivo (hipófise e tireoide, antidiabéticos, estrogênios e androgênios, hormônios suprarrenais e obesidade) e geniturinário.

Farmacognosia: introdução à farmacognosia. Conhecimentos botânicos e suas aplicações na atividade farmacêutica. Estudo dos principais metabólitos ativos presentes nos vegetais com aplicação em Farmácia. Prospecção tecnológica para obtenção de compostos bioativos de produtos naturais. Potencial das plantas medicinais para o desenvolvimento de novos medicamentos. Fitoterapia: introdução à fitoterapia e legislação de fitoterápicos. Controle de qualidade físico-químico e microbiológico para matérias-primas vegetais e fitoterápicos. Investigação das atividades farmacológicas e toxicológicas relacionados aos medicamentos de origem vegetal. Uso racional de plantas medicinais. Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Plantas medicinais e fitoterapia no SUS. Dispensação e manejo terapêutico de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao estudante o exercício teórico/prático das atividades relacionadas aos procedimentos técnicos; às boas práticas em farmácia magistral; ao controle de qualidade das formulações; à gestão de processos magistrais; às legislações aplicadas; à atenção e assistência farmacêutica no ambiente da farmácia magistral.

6 ª fase

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades relacionadas à atenção farmacêutica, os fundamentos da orientação farmacoterapêutica (acompanhamento, intervenção e semiologia farmacêutica) e uso racional de medicamentos.

Componente curricular de interesse do estudante, ofertado no semestre vigente, na grande área que o curso pertence.

Estudo dos protozoários e helmintos, intestinais, teciduais e sanguíneos, de interesse humano. Estudo dos artrópodes parasitas do homem e vetores de doenças. Morfologia, ciclo evolutivo, transmissão, patogenia e manifestações clínicas. Coleta e conservação de amostras biológicas. Métodos e técnicas laboratoriais para o diagnóstico. Pesquisa de sangue oculto. Coprológico funcional. Interpretação clínicolaboratorial de resultados e emissão de laudos. Segurança no laboratório de Parasitologia. Gerenciamento de resíduos.

Taxonomia, fatores de virulência, mecanismos de patogenicidade e manifestações clínicas causadas por bactérias Gram-positivas, Gram-negativas, bactérias espiraladas, micobactérias, agentes de micoses superficiais e cutâneas, subcutâneas e sistêmicas, e os principais grupos virais de interesse em saúde. Coleta e conservação de amostras biológicas. Métodos para isolamento, identificação e classificação de bactérias Gram-positivas, Gram-negativas, bactérias espiraladas, micobactérias, fungos filamentosos e leveduriformes, e os principais grupos virais de interesse em saúde. Testes de sensibilidade e mecanismos de resistência aos antimicrobianos e antifúngicos. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Segurança no laboratório de Microbiologia. Gerenciamento de resíduos. 

Testes sorológicos (reações de precipitação, separação eletroforética, dispersão de luz (nefelometria e turbidimetria), reações de aglutinação, ensaios líticos, ensaios com marcadores fluorescentes, ensaios de imunohistoquímica, ensaios com marcadores radioativos, ensaios luminescentes e ensaios com marcadores enzimáticos), técnicas e metodologias marcadas e não-marcadas aplicadas ao diagnóstico em Imunologia. Exames de histocompatibilidade. Avaliação laboratorial de hormônios tireoideanos, doenças autoimunes, marcadores tumorais, hematológicos, processos alérgicos e diagnóstico sorológico das hepatites, HIV e dengue. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Segurança no laboratório de Imunologia. Gerenciamento de resíduos.

Serviços de farmácia hospitalar: estrutura, organização e administração. Legislação aplicada à farmácia hospitalar. Assistência farmacêutica no ambiente hospitalar. Integração do farmacêutico à equipe multiprofissional de saúde. Sistemas de distribuição de medicamentos. Manipulação de medicamentos no âmbito hospitalar. Produtos quimioterápicos, nutrição enteral e parenteral e outros produtos estéreis. Controle de infecção relacionada à assistência à saúde em ambiente hospitalar. Gerenciamento de risco e segurança do paciente no âmbito da farmácia hospitalar. Cuidados farmacêuticos nos serviços de atenção terciária. Gerenciamento de resíduos. Acreditação hospitalar.

Assistência Farmacêutica: histórico e conceitos de Assistência Farmacêutica. Política Nacional de Medicamentos. Política Nacional de Assistência Farmacêutica. Gestão da Assistência Farmacêutica (estrutura, inserção, modernização, financiamento, gestão de pessoas, acompanhamento e avaliação da assistência farmacêutica). Ciclo da Assistência Farmacêutica (seleção, programação, aquisição, armazenamento, distribuição e dispensação de medicamentos). Uso racional de medicamentos. Assistência Farmacêutica na Atenção Básica. Programas e mecanismos de acesso a medicamentos. Demandas judiciais na Assistência Farmacêutica. Serviços Farmacêuticos: consulta e prescrição farmacêutica. Acompanhamento farmacoterapêutico. Procedimentos de apoio aos serviços farmacêuticos: aferição de parâmetros fisiológicos (pressão arterial e temperatura corporal) e bioquímico (glicemia capilar), testes rápidos, administração de medicamentos, perfuração de lóbulo auricular, pequenos curativos e vacinação/aplicação de vacinas. Legislação para serviços farmacêuticos.

7 ª fase

Avaliação tecnológica de insumos e formas farmacêuticas. Tipos de liberação de fármacos. Equipamentos e processos industriais para a obtenção e acondicionamento de: pós, granulados, pellets, cápsulas, comprimidos, comprimidos revestidos, comprimidos de liberação modificada, micropartículas, soluções, suspensões, emulsões, géis, pastas, cremes, pomadas, aerossóis e produtos injetáveis. Estratégias aplicadas a fármacos pouco solúveis. Biofármacos. Vetorização de fármacos. Desenvolvimento de novas tecnologias e formas farmacêuticas. Estabilidade de medicamentos e prazo de validade. Sistema de garantia da qualidade e boas práticas de fabricação de medicamentos. Legislação aplicada à indústria farmacêutica. 

Considerações gerais sobre o sangue. Hematopoiese. Identificação morfológica das células sanguíneas. Fisiopatologia eritrocitária, leucocitária e plaquetária. Anemias, processos reacionais dos leucócitos, neoplasias hematológicas, anomalias dos leucócitos. Coagulação sanguínea, hemostasia primária e secundária. Distúrbios hemorrágicos e trombose. Diagnóstico laboratorial das doenças hematológicas. Hemograma, velocidade de hemossedimentação (VHS), mielograma e coagulograma. Produtos hemoterápicos: técnicas de separação das frações do sangue e produção de fatores de coagulação. Suporte hemoterápico nas doenças hematológicas e transplante de medula óssea. Noções básicas de imuno-hematologia. Hemovigilância. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Automação em Hematologia. Controle de qualidade em Hematologia. Segurança no laboratório de Hematologia. Gerenciamento de resíduos. 

Controle de qualidade físico-químico e microbiológico de água, fármacos, adjuvantes farmacêuticos, materiais de embalagem e instalações farmacêuticas. Validação de metodologias analíticas. Especificações e ensaios físico-químicos empregados no controle de qualidade de formas farmacêuticas sólidas, líquidas e semissólidas. Técnicas e procedimentos de amostragem. Amostragem, análise, interpretação de resultados e emissão de laudos. Gerenciamento de resíduos. Legislação aplicada.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades relacionadas aos procedimentos técnicos, às atribuições e competências do farmacêutico no ambiente hospitalar, bem como os aspectos relacionados à estrutura, organização e administração do serviço de farmácia hospitalar.

Citopatologia de líquidos corporais e cérvico-vaginal, correlações clínicas. Espermograma. Técnicas laboratoriais aplicadas ao diagnóstico citológico. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Automação em Citologia. Controle de qualidade em Citologia. Segurança no laboratório de Citologia. Gerenciamento de resíduos.

Coleta e conservação de amostras biológicas. Avaliações bioquímicas no metabolismo dos carboidratos, lipídeos, proteínas, eletrólitos e íons. Diagnóstico laboratorial da bioquímica das doenças e distúrbios ósseos, hepáticos, pancreáticos, renais, cardíacos, endócrinos, nos erros inatos e nas anemias. Interpretação clínicolaboratorial de resultados e emissão de laudos. Automação em Bioquímica. Controle de qualidade em Bioquímica. Segurança no laboratório de Bioquímica. Gerenciamento de resíduos. 

8 ª fase

Farmacoepidemiologia: Historicidade, definição e objetivos da Epidemiologia. Medidas de saúde coletiva (morbidade e mortalidade). Transição demográfica e epidemiológica. Delineamentos dos estudos epidemiológicos. Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica. Definição, contextualização e aplicabilidade da Farmacoepidemiologia. Farmacovigilância: identificação, avaliação, compreensão e prevenção de efeitos adversos ou quaisquer problemas relacionados ao uso de medicamentos. Farmacoeconomia: estudos farmacoeconômicos; análise de minimização de custos, custo-efetividade, custo-utilidade e custo-benefício.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades relacionadas à solicitação, realização e interpretação de exames clínico-laboratoriais e toxicológicos, bem como as atribuições e competências do farmacêutico no laboratório de Análises Clínicas. 

Conceitos básicos: variáveis, dados, população, amostra, amostragem. Elaboração de banco de dados. Análise exploratória de dados. Noções elementares de probabilidades e distribuições de probabilidades. Métodos estatísticos em saúde: estatística descritiva e inferencial. Análise de resultados. Representações gráficas.

Composição, coleta e conservação da urina. Exames físico, químico e sedimentoscopia qualitativa e quantitativa urinária. Análise de cálculos renais. Análise de fluídos corporais. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Automação em Urinálise. Controle de qualidade em Urinálise. Segurança no laboratório de Urinálise. Gerenciamento de resíduos.

Introdução às análises toxicológicas. Campos de atuação da toxicologia (analítica, clínica, experimental e forense). Fundamentos de toxicocinética e toxicodinâmica. Toxicovigilância. Prevenção, avaliação, diagnóstico e tratamento de intoxicações exógenas. Toxicologia social, de medicamentos, ocupacional, ambiental e de alimentos. Toxinas animais. Plantas tóxicas. Toxicologia de desempenho. Doping no esporte. Toxicologia analítica: metodologias analíticas utilizadas para identificação e/ou quantificação de agentes tóxicos. Ciências forenses: biologia forense, química forense, balística, cena de crime, matrizes biológicas de interesse forense. Interpretação clínico-laboratorial de resultados e emissão de laudos. Segurança no laboratório de Toxicologia. Gerenciamento de resíduos.

Tecnologia de Cosméticos: aspectos anatomofisiológicos relacionados à cosmetologia. Estruturas da pele e sua relação com o transporte de substâncias ativas. Vias de permeação cutânea. Condições que favorecem a permeação cutânea. Ativos e adjuvantes em formulações tópicas. Desenvolvimento e produção de cosméticos. Sistema de garantia da qualidade e boas práticas de fabricação de cosméticos. Legislação aplicada a produtos cosméticos. Estética: atribuições do farmacêutico no exercício da saúde estética. Técnicas e recursos terapêuticos utilizados pelo farmacêutico esteta. Legislação de interesse em farmácia estética.

9 ª fase

Farmacotécnica Homeopática: princípios da homeopatia e processo saúde-doença. Homeopatia como Prática Integrativa e Complementar para o SUS. Conceitos de dinamização de medicamentos. Insumos homeopáticos. Preparação de formas farmacêuticas básicas e derivadas. Matéria médica homeopática. Receituário homeopático. Dispensação e manejo terapêutico de medicamentos homeopáticos. Controle de qualidade e legislação aplicada à farmácia homeopática. Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS): fundamentos das terapias complementares. Principais terapias complementares utilizadas na área da saúde no Brasil e no mundo. Medicina Oriental: fundamentos básicos. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS. Legislação aplicada.

Conceituação da farmácia clínica e do cuidado farmacêutico. Cuidado farmacêutico: o paciente como foco. Planejamento do cuidado farmacêutico. Princípios de prevenção de doenças. Semiologia farmacêutica. Seguimento farmacoterapêutico de pacientes. Reações adversas a medicamentos. Interações medicamentosas. Ferramentas de farmácia clínica. Atividades clínicas e prescrição farmacêutica. Farmácia clínica e cuidado farmacêutico em grupos específicos de pacientes. Novas fronteiras da farmácia clínica. Legislação aplicada.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades relacionadas à solicitação, realização e interpretação de exames clínico-laboratoriais e toxicológicos, bem como as atribuições e competências do farmacêutico no laboratório de Análises Clínicas.

Ética, bioética e código de ética farmacêutica. Hierarquia legal. Conselhos de Farmácia. Direitos humanos. Constituição Federal. Fundamentos legais da saúde pública. Bases legais da atuação farmacêutica. Manual de boas práticas. Legislação sanitária. Medicamentos sujeitos a controle especial. Roteiros de inspeção. Vigilância sanitária.

Coleta e conservação de amostras biológicas. Gestão e controle de qualidade em laboratório de Análises Clínicas. Fatores pré-analíticos, analíticos e pós-analíticos. Principais tipos de erros. Segurança no laboratório de Análises Clínicas. Gerenciamento de resíduos. Certificação e acreditação laboratorial.

Tipos de amostras biológicas e cuidados pré-analíticos. Discussão e interpretação de casos clínicos a partir de resultados de exames laboratoriais. Correlação com abordagem terapêutica.

Método científico. Pesquisa qualitativa e quantitativa. Elaboração do projeto de pesquisa. Normas de apresentação de trabalhos científicos.

10 ª fase

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades relacionadas à atuação clínica e cuidado farmacêutico, bem como os procedimentos de anamnese, análise, orientação e seguimento farmacoterapêutico de pacientes.

Aprendizagem no âmbito profissional, em situação real, proporcionando ao acadêmico o exercício teórico/prático das atividades e competências do farmacêutico em farmácias de dispensação.

Autoconhecimento e análise de perfil empreendedor. Gestão de pessoas e de conflitos, motivação e desenvolvimento de liderança para atuação na área farmacêutica. Geração, identificação e validação de ideias e oportunidades na área farmacêutica. Criação de estratégia de marketing pessoal e gerenciamento de networking no âmbito farmacêutico. Empreendedorismo e administração de negócios farmacêuticos: Pesquisa e análise de mercado, gestão da inovação, análise econômica e fiscal, produção, logística, vendas e gestão de pessoas. Requisitos para autorização de funcionamento e licenciamento de empresas farmacêuticas. Noções de propriedade intelectual. 

Apresentação, avaliação crítica e discussão de projetos de pesquisa inovadores e trabalhos científicos publicados na área de Farmácia e afins. Tecnologias emergentes em ciências farmacêuticas. Novos domínios e processos tecnológicos relacionados à gestão, garantia da qualidade, acesso às informações e investigação científica nas principais áreas de aplicação do diagnóstico laboratorial.

Desenvolvimento do projeto de pesquisa. Tratamento de dados experimentais. Finalização do trabalho científico e/ou tecnológico e construção de artigo científico. Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso frente à banca examinadora.

Fundamentos de tecnologia e inovação aplicados às áreas farmacêuticas. Gestão da inovação tecnológica. Modelos de inovação tecnológica. Pesquisa, tecnologia e inovação em insumos, fármacos, medicamentos, cosméticos, produtos biotecnológicos e equipamentos para diagnóstico. Pesquisa, tecnologia e inovação em serviços farmacêuticos. 

Notícias do Curso
Veja mais

Galeria de Vídeos
Veja mais